Mensagem

Mensagem

© Brenda Chenowith

 

Acordei com uma vontade existencial de te dizer que estou pronto; que agora é a sério, que podemos finalmente dar o passo – podemos?

Quando vi o sol a trespassar a janela, lembrei-me de ti aqui ao meu lado; daqueles momentos em que passámos numa enclausura incessante entre o amor e a exaustão – lembras-te?

Recordo aqueles dias, já há muito idos, como uma ténue memória que me aquece a alma, eleva o espírito e me deixa confortável; como que a confirmar que este é o momento certo para ir em frente; este é o momento para, finalmente, encetar um novo trilho contigo, quem sejas, onde estiveres, agora, neste instante.

Esta é uma mensagem para as estrelas, para o infinito; eventualmente, estará alguém desse lado a ler isto – será?

Não tenhas medo, o desconhecido é apenas o primeiro passo, a imaginação conjunta a construção do nosso mundo, só nosso.

Advertisements

One response to “Mensagem

  1. Sim amigo , estou deste lado a ler-te. Que bom voltares.e com este excelente texto. Amei ler.
    Um abraço poético desta admiradora
    Rosaria Marques
    .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s