Revista ID’ – Identidade: Poetisando “Igualdade”

ID - Igualdade

Igualdade

Esticaste-me a mão
Naquele dia de Inverno,
Dia chuvoso:
Tu à chuva;
Eu debaixo do chapéu.

Olhei-te de soslaio,
Tinhas apenas um cartaz,
Olhaste-me nos olhos
E nada disseste.

Li:
“Ajuda-me! P.F.”,
eu senti:
dor,
confusão,
desânimo,
perda,
ansiedade –
vontade de (te) fugir.

Continuaste a olhar-me,
Nada me pediste,
Apenas esticaste a mão,
Uma vez mais.

Abracei-te,
Despojado de preconceitos,
Lembrei-me de outros tempos,
Colegas de carteira,
Amigos inseparáveis,
Abraçaste-me novamente.

Fonte: Poema de Pedro Pinto • 13/11/2013 – 21:10 @ Revista ID’ – Identidade – Pág. 35

Anúncios